Principais Notícias por Marlos Teixeira 

Resultado de imagem para botafogo escudo

O Botafogo vem de dois empates que pesaram para a equipe, contra São Paulo e Vasco. No 12º lugar, com 34 pontos, a equipe carioca ainda não correrá riscos de entrar no Z-4 na próxima rodada mesmo em caso de derrota, mas quer a vitória para retomar a boa sequência.

Sem vencer há duas rodadas, o Botafogo se aproximou da zona do rebaixamento e não pode perder no Ceará. Para o duelo no Castelão, o técnico Zé Ricardo ainda não poderá contar com o volante Jean e com o meia Leo Valencia, que seguem lesionados. Além dele, Marcinho recebeu o terceiro amarelo diante do Vasco e está suspenso. Para sua vaga, entra Luis Ricardo.

A novidade na lista de relacionados para a partida contra o Ceará é Leandrinho. O meia vinha treinando, mas ainda não teve muitas chances com Zé Ricardo. No mesmo setor, Bochecha, com dores no joelho direito, é dúvida.

O Glorioso deve ir à campo com: Saulo; Luís Ricardo, Carli, Igor Rabelo, Gilson; Gustavo Buchecha, Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Luiz Fernando, Erik; Kieza.

Resultado de imagem para escudo do fluminense pequeno

Nesta semana, Pedro dará mais um passo em sua longa recuperação após a cirurgia no joelho direito. Está programado para o atacante se reapresentar no CT do Fluminense na tarde da próxima terça-feira para dar continuidade ao tratamento.

Até o momento, o jogador de 21 anos tem feito fisioterapia em casa. Ele recebe em sua residência o fisioterapeuta do clube, Nilton Petroni, o Filé, que conduz esta fase do tratamento, quatro a cinco vezes por semana.

No centro de treinamento, Pedro poderá intensificar o processo de recuperação. Lá, ele poderá ser acompanhado mais de perto não apenas por Filé, mas também pelos médicos e fisiologistas do clube, além de ter acesso a uma melhor estrutura e a equipamentos específicos para o tratamento.

Na última sexta-feira, o atacante deu uma breve pausa na recuperação, mas por uma boa ação. Esteve em Arraial do Cabo presentear um grupo de crianças de um projeto social pelo Dia das Crianças. O jogador distribuiu caneleiras.

Pedro torceu o joelho direito na partida contra o Cruzeiro, no dia 25 de agosto, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante teve detectado um estiramento do ligamento cruzado e foi operado no dia 21 de setembro. No início de outubro, retirou os pontos da cirurgia, o que permitiu a intensificação da fisioterapia.

O caminho até a volta aos campos, no entanto, é longo. A previsão inicial de recuperação é de seis a oito meses após a cirurgia. Portanto, dificilmente o atacante terá condições de retornar antes de março do próximo ano.






 





 


 












 







 



 




 


 










 

 



Resultado de imagem para logo flamengo


O ano de 2018 tem reservado boas novas para Léo Duarte. Titularidade, novo contrato e reconhecimento da torcida rubro-negra. Entre as novidades também está o primeiro Fla x Flu no Maracanã. Até por isso não seria qualquer mal-estar que o tiraria do jogo de sábado.

Na véspera do clássico, Léo Duarte passou mal. A suspeita é de uma virose. Foi uma madrugada daquelas, em que ficou mais tempo no banheiro do que na cama. Sob o risco de ficar fora de seu primeiro Fla x Flu no Maracanã, escondeu o problema de todos. Até mesmo do goleiro Thiago, seu companheiro de quarto. O sacrifício foi recompensado com um gol na vitória por 3 a 0.

- Antes do jogo me senti mal novamente. Não comentei com ninguém, nem com o Thiago (goleiro), que é meu companheiro de quarto. Ele tem o sono pesado e não me viu no banheiro a madrugada inteira (risos). Era o meu primeiro Fla x Flu no Maracanã. 

Já no gramado do Maracanã, ele relatou o problema para os médicos do Flamengo e foi medicado minutos antes do jogo.

No Flamengo desde os 17 anos, Léo foi integrado ao elenco profissional em 2016. No início, no entanto, as chances foram raras. Em dois anos, participou de apenas 15 jogos. Na atual temporada, após a demissão de Carpegiani, o jovem de 22 anos ganhou oportunidade com Maurício Barbieri. E não saiu mais do time.

Resultado de imagem para escudo do vasco pequeno

O Vasco de Alberto Valentim ainda tem muitos problemas, e exibiu a maioria deles contra o Cruzeiro em São Januário. Mas, desta vez, teve em Maxi López um herói para superá-los e garantir a importante vitória por 2 a 0, que afastou a equipe da zona de rebaixamento.

Maxi participou dos dois gols do Vasco. No primeiro, com sua presença de área, puxou a marcação e fez um corta-luz para Pikachu abrir o placar. No segundo, uma finalização de canhota no canto praticamente definiu o triunfo.

Mas não foi só isso. Maxi é importantíssimo para segurar a bola em momentos de pressão – como quando o Cruzeiro avançou após sofrer o primeiro gol. Também tem qualidade para sair da área e distribuir o jogo. Hoje, é dos poucos jogadores indiscutíveis do elenco vascaíno.

O Vasco ainda tem muitos problemas de criação – o próprio Maxi indicou que o time precisa ser mais vertical -, embora tenha apresentado melhora defensiva nas últimas partidas. Valentim ainda não encontrou um esquema ideal, embora o retorno dos três volantes contra o Cruzeiro tenha indicado que esta é, no momento, a melhor alternativa.

Aos poucos, porém, o Vasco consegue se desgarrar da zona de rebaixamento. As limitações não devem permitir maiores voos, mas, com Maxi López e maior segurança defensiva, é possível ter um fim de campeonato tranquilo.