Principais Notícias por Marlos Teixeira 

Resultado de imagem para botafogo escudo

 Se não fosse o golaço de primeira de Emerson Sheik após receber a bola pelo alto e emendar uma bomba de primeira aos 42 do segundo tempo, daria para dizer que não foi um jogo muito bonito de se ver. A chuva forte em Campinas castigou o gramado neste domingo e evitou um futebol mais vistoso no Moisés Lucarelli. O veterano atacante abriu o placar para a Ponte aos 12 da etapa inicial. Oito minutos depois, Brenner empatou de pênalti para o Botafogo. Até que, no fim do segundo tempo, Sheik retomou o protagonismo e deu números finais para a partida: 2 a 1 para a Macaca.

A etapa inicial não foi tão emocionante mesmo terminando em 1 a 1. Apesar disso, tivemos lances interessantes, principalmente pelo lado do Botafogo. Antes de a Ponte abrir o placar, os cariocas perderam uma chance impressionante com Leo Valencia. Aos 40, o próprio camisa 9 perdeu um gol parecido com o de Leo Valencia e jogou para fora a chance da virada.

Já o segundo tempo foi mais dominado pela Macaca. Gilson Kleina mexeu no time no intervalo e aos 14. A segunda substituição marcou a entrada de Felipe Saraiva, que infernizou a vida do Botafogo. O meia chegou três vezes com perigo no gol defendido por Jefferson, mas o ídolo do Alvinegro carioca defendeu todas elas, uma inclusive com a ponta do dedo. Nos minutos finais, Elton desperdiçou grande oportunidade.

Tudo caminhava para o empate no Moisés Lucarelli. Até que Sheik recebeu e mandou um chutaço de fora da área, em que Jefferson não pôde fazer nada, a não ser olhar a bola ir no fundo da rede.

Com o resultado, o Botafogo caiu para a nona colocação, com 28 pontos, dois atrás do G-6. A vitória da Ponte fez o time saltar quatro posições e ficou apenas um ponto atrás do Alvinegro carioca e três atrás da zona de classificação para a Libertadores.

O Botafogo volta a campo nesta quarta-feira, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, no Maracanã. Já a Ponte vai enfrentar o Atlético-MG no domingo, em casa pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Resultado de imagem para escudo do fluminense pequeno

Praticamente iguais no Brasileirão até agora, Fluminense e Atlético-MG entram em campo nesta segunda em busca da aproximação do G-6. Com 27 pontos, o Tricolor ocupa a 11ª posição. O Galo, com 26 pontos em 13° lugar, vem logo atrás. A bola rola às 20h (de Brasília) no Maracanã.

Principal atração do confronto, o atacante Fred começa no banco. Este pode ser o terceiro encontro do artilheiro com seu ex-clube. Nos dois primeiros, vitória do Flu: 4 a 2 no ano passado, no Giulite Coutinho, e 2 a 1 no primeiro turno do atual Campeonato Brasileiro, no Independência.

Com a semana livre para treinar e sem jogadores suspensos, o técnico Abel Braga pode repetir a escalação que empatou com o Santos por 0 a 0 na última segunda-feira. A única dúvida é na lateral-esquerda, entre Léo e Marlon. Abel costuma escolher o lateral de acordo com o adversário.

Em boa fase fora de casa, onde não perde há sete partidas, o Flu tenta melhorar sua campanha como mandante para entrar no G-6. Até agora, o Tricolor ocupa apenas a 16ª posição contando apenas os jogos em casa, com três vitórias, quatro empates e três derrotas.

O Tricolor deve ir a campo com : Júlio César, Lucas, Henrique, Renato Chaves, Léo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel, Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado.






 







 





 


 












 







 



 




 


 










 

 



Resultado de imagem para flamengo escudo

O Flamengo tem dúvidas para a partida de volta da semifinal da Copa do Brasil, contra o Botafogo, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. Nesta segunda-feira, porém, o técnico Reinaldo Rueda teve uma boa notícia: o atacante Paolo Guerrero voltou a correr em campo e avançou na recuperação de uma lesão na coxa direita.

O atacante peruano se recupera de uma lesão na coxa direita sofrida na derrota por 3 a 2 para o Santos, no dia 2 de agosto, no Pacaembu. Desde então, ele só havia ficado na fisioterapia e na academia, mas voltou a trabalhar em campo nesta segunda. Como só correu e está há quase 20 dias sem atuar, a chance de jogar contra o Botafogo é pequena.

O substituto de Guerrero foi poupado da vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO, no sábado, por causa de dores musculares. Nesta segunda, porém, quando a imprensa foi liberada para acompanhar o treino do Flamengo, Vizeu estava em campo treinando finalização com os companheiros. Deve jogar na quarta.

Assim como Vizeu,Everton  não entrou em campo no fim de semana por causa de desgaste muscular e treinou normalmente nesta segunda. Deve voltar contra o Botafogo.

Já o colombiano Berrío sofreu uma entrada dura de Pimpão no empate em 0 a 0 com o Botafogo, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, e deixou o campo com o tornozelo esquerdo muito inchado. Quando a imprensa foi liberada nesta segunda, o jogador estava deixando o gramado. Ele treinou e depende apenas do fim das dores e do inchaço do tornozelo para jogar na quarta.

O lateral-esquerdo Renê entrou durante a partida contra o Atlético-GO, já que Rafael Vaz atuou improvisado na posição, e acabou se contundindo sozinho, ao virar o pé e torcer o tornozelo direito. Por isso, Renê ficou no departamento médico nesta segunda. Um raio-x realizado no próprio sábado não detectou fratura, mas ele não deve jogar contra o Botafogo.

Resultado de imagem para escudo do vasco pequeno

O clima esquentou no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. O elenco do Vasco foi recebido com muitos xingamentos pelos torcedores presentes ao Galeão. A segurança, reforçada no local, impediu que houvesse agressão. O técnico Milton Mendes foi um dos mais hostilizados . Ele seguiu direto para São Januário no ônibus do clube.

Cerca de 15 seguranças acompanharam o desembarque da delegação cruz-maltina. Os torcedores, que estavam em menor número, só apareceram no momento em que os jogadores começaram a sair do portão. Antes, não havia movimentação no saguão do aeroporto.

O time cruz-maltino retornou de Salvador no começo da tarde desta segunda. No domingo, a equipe perdeu por 3 a 0 para o Bahia e completou cinco rodadas sem vitória no Brasileirão. A equipe despencou na tabela e está em 16° lugar, a apenas dois pontos da zona do rebaixamento.

A má fase deixa a situação de Milton Mendes delicada no comando da equipe. O treinador é contestado internamente e não tem sua permanência assegurada. Haverá uma reunião nesta segunda-feira com a cúpula do futebol cruz-maltino, e o encontro pode selar o destino do treinador.

No sábado, o Vasco enfrenta o Fluminense, no Maracanã, às 16h. Depois, haverá uma pausa de 15 dias sem partidas na competição.